Grand Ravioli Gourmet – Gorgonzola, Nozes e Castanha – Rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana
Ganhei essa massa no kit de massas da Rana (Calimp Importadora) que recebemos no Encontro Gourmet.

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

Logo de cara, essa massa recheada com gorgonzola, nozes e castanhas me chamou muito a atenção, e foi a primeira das massas da Rana que experimentei.

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

Adoro gorgonzola e massas, então a junção das duas coisas parecia ser uma coisa assim maravilhosa. E realmente foi.

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

A massa Rana é uma massa fresca italiana, que leva apenas 4 minutos para ficar pronta.

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

Ela é firme, e vem bem gordinha, com o recheio em uma quantidade bem satisfatória. Quanto ao sabor, a combinação do gorgonzola, nozes e castanha beirou a perfeição. O sabor do gorgonzola não era muito intenso, era suave, deixando o sabor da massa bem equilibrada. As nozes e as castanhas dão um toque gourmet e diferenciado, fazendo com que você tenha uma experiência de restaurante na cozinha da sua própria casa. 🙂

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

A quantidade que vem no pacote é exata para duas pessoas, não fica nem uma quantidade muito exagerada, nem fica faltando.

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola, nozes e castanhas rana

ravioli gorgonzola nozes e castanhas rana

O único porém é que se trata de uma edição limitada, algo que me aborrece, pois geralmente tem muitos produtos que estão nessa leva que deveriam ser feitos para ficar. E esse é um deles, pois é uma massa bem saborosa, de qualidade perceptível e que certamente gostaria de comer outra vez.

Conclusão: A combinação do gorgonzola, nozes e castanha beirou a perfeição, é uma massa de qualidade perceptível e sabor diferenciado, e vem bem recheada.
Preço: Não sei dizer pois ganhei no Kit que ganhei no Encontro Gourmet, mas assim que descobrir o preço, atualizo aqui! 🙂

***Apesar do produto ter sido recebido do press kit, esse é o review normal do Kitchen For Dummies, e está refletindo minhas reais impressões sobre o produto, ou seja, não se trata de um post publicitário.

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!!

Toto’s Food – Culinária Artesanal

rondeli presunto e queijo
Dica pro pessoal de São Paulo (principalmente quem mora na zona norte, pras bandas de Santana). Tá em dúvida do que almoçar nesse domingão e não tá a fim de perder muito tempo na cozinha?

rondeli presunto e queijo

A Toto’s Food tem várias opções de massa pra você escolher!

rondeli presunto e queijo

Experimentei o Rondeli de presunto e queijo deles na semana passada, e olha, foi uma das melhores massas que já comi (e não tou dizendo isso porque é post de divulgação não, tava realmente bom!!)

rondeli presunto e queijo

Vejam mais fotos do rondeli!

rondeli presunto e queijo

rondeli presunto e queijo

rondeli presunto e queijo

rondeli presunto e queijo

Além do sabor maravilhoso que só os alimentos feitos em casa têm, uma coisa que vale a pena destacar é que a massa estava bem firme e não se desmanchou como geralmente costuma acontecer com diversas massas. E facilita muito, foi só eu preparar um molhinho básico, colocar a massa com o molho pra aquecer no forno, e rapidinho já estava com um almoço super gostoso pronto, e, o melhor de tudo, sem dar muito trabalho! 😀

Segue o folder com as opções e os contatos! Peça já a sua massa 😀

Totó's Food - Culinária Artesanal

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também o nosso Instagram!

Especial Iberostar Praia do Forte – Parte 8

Comida Iberostar Praia do Forte

Estamos chegando ao fim do nosso especial Iberostar Praia do Forte! Acho que já deu pra ter uma ideia de como é lá, não é mesmo?

tapioca doce de leite com queijo tostado

Tapioca de doce de leite com queijo tostado

Aliás, antes de finalizar o especial, não posso deixar de falar sobre um quitute maravilhoso que resolvi experimentar nos últimos dias de estadia: tapioca de doce de leite com queijo coalho tostado.

Tapioca de doce de leite com queijo tostado

Uma das melhores coisas que já comi!!

Geeeeeente, assim, é algo do outro mundo, é ainda mais gostoso do que imaginei que seria.

Tapioca de doce de leite com queijo tostado

Sente só o drama!!! 😀

A combinação do queijo com o doce de leite na tapioca ficou simplesmente perfeita!! Espero um dia ter a chance de comer isso de novo hehe

Tapioca de doce de leite com queijo tostado e tapioca de coco com leite condensado

Tapioca de doce de leite com queijo tostado e tapioca de coco com leite condensado

E é claro, tive que repetir a tapioca de coco com leite condensado!!

Tapioca de doce de leite com queijo tostado e tapioca de coco com leite condensado

Pedi beeem recheada e ainda coloquei mais leite consensado!! Ai que delícia!!! 😀

E ainda dei um plus jogando mais leite condensado hehe

Realmente, acho que a tapioca foi uma das coisas mais gostosas do resort hehe

docinhos

Docinhos!!

E claro, teve diversas outras coisas bem gostosas também, como as tortinhas das sobremesas, os donuts, as pizzas, a omelete, a água de coco geladinha direto do coco, a paella, o macarrão feito na hora… 🙂

Comida Iberostar Praia do Forte

Apesar da comida ter deixado muito a desejar (não esperava que um resort no nordeste tivesse uma comida pouco temperada), e eu ter sentido muita falta de comer um peixe (pois, como disse nos posts anteriores, tinha vários mas quase nenhum estava saboroso), deu pra achar bastante coisa gostosa por conta da variedade disponível, portanto deu pra aproveitar e, apesar dos pesares, acabei gostando de verdade da estadia, e a frustração e arrependimento que tomaram conta no primeiro dia foram logo substituídos por uma vontade de não querer mais ir embora de lá.

Comida Iberostar Praia do Forte

Contudo, acho que é um ponto que o Iberostar Praia do Forte deve se atentar seriamente, pois pode decepcionar, e MUITO, aqueles que foram com o intuito de conhecer as comidas típicas baianas, que geralmente são bem temperadas e repletas de sabor.

E, apesar de ter uma infraestrutura fantástica, com diversas piscinas (sendo que tinha lugares em que a piscina às vezes ficava praticamente só pra você), a praia não é muito boa, é muito agitada, portanto não é um lugar pra quem curte mais a natureza e a praia, e está em busca de lugares mais paradisíacos. Uma alternativa seria fazer passeios à praia do forte e aproveitar a praia de lá, mas isso tira um pouco do conforto e praticidade de ter uma praia em frente ao hotel, que é, basicamente, um dos motivos principais que levam as pessoas a pagar tão caro por uma estadia em lugares como este.

Outro ponto muito importante reside no fato de que eles não deveriam vender a estadia do Iberostar Praia do Forte com a afirmação de que, com isso, pode-se também usufruir do Iberostar Bahia, porque foi o que me foi dito mas não foi o que aconteceu (porque um grupo fechou o Iberostar Bahia pra eles) e, um dos principais motivos que me levou a escolher o Iberostar Praia do Forte foi baseado em algo que não era totalmente verdade, e sentir-se enganado é um bom motivo pra nunca mais querer voltar.

Sobremesa Iberostar Praia do Forte

Portanto, apesar de ter gostado muito destes 7 dias no Iberostar, tais pontos me fazem questionar se este resort seria uma boa escolha caso quisesse voltar a me hospedar em um All Inclusive no nordeste.

 

Gostou do review? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies.

Especial Iberostar Praia do Forte – Parte 7

Iberostar praia do forte

Passeios

No Iberostar, você pode agendar alguns passeios. Vou falar aqui sobre os dois que fiz: city tour em Salvador e Praia do Forte.

Iberostar praia do forte

Pelourinho

O passeio em Salvador durava praticamente o dia inteiro. Saímos perto das 9 do hotel e chegamos de volta lá pras 18, mais ou menos. O preço era bem salgado,R$ 90,00 por pessoa. Você chegava de ônibus em um determinado local de Salvador e o guia levava você a alguns pontos turísticos, dentre eles o Mercado Modelo e o Pelourinho, parando 1 hora para almoço e 45 minutos no mercado modelo.

Igreja de São Francisco

Igreja de São Francisco

 

Em dois desses pontos, você tinha que pagar para entrar: a Igreja de São Francisco, famosa pelo seu interior feito com ouro e estilo barroco (R$ 5,00 por pessoa), e o Museu da Santa Casa da Misericórdia (R$ 6,00 por pessoa).

Igreja de São Francisco

Igreja de São Francisco

Igreja de São Francisco

Dos dois passeios pagos, acabei indo apenas na igreja de São Francisco, que realmente era muito bonita, uma verdadeira obra de arte.

Mercado Modelo

Descendo do ônibus, fomos abordados por vários vendedores, MUITO insistentes, era assustador até, eles iam muito em cima de você, passavam um pouco dos limites (mal esperaram a gente descer do ônibus e já iam puxando pela mão, meu deus!!). Os caras chegavam a colocar correntinhas em você (!!!) mesmo você falando que não queria comprá-las. Eram tipo flanelinhas, mas 10 vezes pior, e era difícil você convencê-los de que você não iria comprar, e teve um ou outro bem mal educado… isso foi bem chato, e quase estragou o passeio, pois você passava mais tempo tentando convencer o vendedor que não ia comprar do que aproveitando o passeio / conhecendo Salvador 😦 A sorte é que no caminho alguns iam desistindo, aí ficava um pouco melhor. Fora que vendiam por um preço muito maior do que valia (tinha uma correntinha com um pingente de berimbau que queriam me vender por 20, depois comprei por 8 e ainda achei uma por 4 no fim do passeio).

Pelourinho

Foi aqui que o Michael Jackson gravou o clipe dele 🙂

Tinha um cara lá no pelourinho (em frente ao lugar que o Michael Jackson gravou o vídeo da música “They Don’t Care About Us”)  que vendia uma água de coco com limonada que foi uma das melhores coisas que já provei! Era 5 reais o copo, meio salgado o preço, mas valeu a pena! Ele passou com copinhos de degustação, e quando provei aquilo, não deu outra, tive que comprar um!

Salvador

Uma das lojas no Pelourinho

E tinha muita coisa legal lá pra comprar, tanto no mercado modelo quanto em lojinhas espalhadas pelo pelourinho: quadros, bolsas, berimbaus, tudo a um preço muito barato!!

cocadas baianas

Em quase todo lugar, lá estavam elas 😀 Já tinha comido uma vez que trouxeram pra mim, são bem gostosinhas!

Essas cocadinhas estavam em todo lugar, pelo visto são bem famosas hehe

Cocadinhas baianas

Acabei levando algumas pra dar de presente 🙂

Elas eram vendidas soltas ou em diversas embalagens para presente. Até levei algumas pra presentear! 🙂

mercado modelo

Doces no Mercado Modelo

A parte positiva é que deu pra conhecer um pouquinho de Salvador, a parte negativa é que não fomos ao elevador Lacerda como pensei que iria e o tempo no mercado modelo foi muito curto e mal consegui fazer comprinhas por lá.

mercado modelo

Dava pra achar vários tipos de lembrancinhas no Mercado Modelo, e tudo a um ótimo preço!

 

E uma coisa complicada sobre passeios coletivos é que sempre tem um ou outro que se esquece que o passeio não é particular e acaba atrasando o grupo todo quando resolve por si só dar uma esticadinha em algum lugar… E por mais que o guia fale que não vai esperar, acaba esperando (não é a toa que essas pessoas acabam não se importando se atrasam ou não, né?). Aí nessas, os mais espertinhos acabam ditando o roteiro, e o tempo que você poderia ver outras coisas acaba sendo perdido para esperar essas pessoas terminarem os passeios particulares delas.

 

Passeio na Praia do Forte

praia do forte

Esse aqui foi um passeio em que a única coisa que me arrependi foi de não ter descoberto antes como ele era, senão teria ido mais vezes 😦

praia do forte

A verdadeira praia do forte 🙂

Ele foi bem mais barato que o passeio de Salvador (R$15,00), durava umas 4 horas mais ou menos, só que era livre para fazer o que quiser nessas horas. O ônibus te deixava na praia do forte, e tinha um ponto de encontro e um horário de volta.

praia do forte

Tive a sorte de pegar um dia com maré baixa, e a praia do forte estava belíssima!! Água transparente, morna, tudo de bom!

Praia do Forte

Havia lojas e mais lojas, vendendo itens variados e diversos souvenirs!

E tinha um comércio local com diversas opções de lojas para fazer comprinhas de souvenirs, e umas baianas vendendo cocadas caseiras!!

Projeto Tamar

Projeto Tamar

Fui visitar também o projeto Tamar, que visa preservar as espécies de tartarugas marinhas ameaçadas de extinção.

Projeto Tamar

Tartaruga querendo aparecer na foto 🙂

Projeto Tamar

 

Projeto Tamar

Filhotinhos de tartaruga 🙂

Você paga R$18 reais para entrar, e a cada tanto tempo sai um guia que faz um tour pelo local, mostrando algumas espécies e explicando sobre o projeto. Valeu muito a pena ter ido lá e conhecer esse trabalho lindo que eles fazem 🙂

Projeto Tamar

Enfim, gostei muito mais desse passeio, foi bem mais barato e mais proveitoso.

O ideal é ir 2 vezes: uma para conhecer o projeto Tamar e passear pelas lojas / comprar souvenirs, e outra para aproveitar a praia e os restaurantes locais.

 

No próximo post,  chegaremos ao fim deste especial Iberostar Praia do Forte mostrando mais alguns quitutes experimentados na estadia 😀

 

(…continua!!)

Gostou do review? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies.

 

Especial Iberostar Praia do Forte – Parte 6

Iberostar Praia do Forte

Outros destaques do Iberostar Praia do Forte

Além dos restaurantes, o Iberostar contava com outras regalias.

Iberostar Praia do Forte

No quarto, havia uma cafeteira, junto com café e saquinhos de leite em pó e chá diversos. Queria muito ter experimentado, mas a cafeteira me parecia suja e não tive muita coragem.

Iberostar Praia do Forte

Também tinha uma maquininha que soltava gelo pra você levar para o quarto (que, inclusive, além do frigobar, tinha também um serviço de quarto no All Inclusive, que não cheguei a utilizar, ainda mais porque diziam que demorava e também porque quando queria comer, achava mais fácil ir no restaurante da praia mesmo).

Iberostar Praia do Forte
Você também podia se servir com um chopp geladinho!!

Iberostar Praia do Forte

E, por falar em bebida, havia diversos bares, lugares pra pegar sucos, quiosque para pegar água de coco (geladinha e direto no coco!! muito bom!), quiosque onde eram feitos acarajés e paellas…

Iberostar Praia do Forte

Inclusive um dos bares era dentro da piscina, bem legal!!!

Iberostar Praia do Forte
Perto da recepção, ficava um bar mais requintado, onde eram servidas umas bebidas mais incrementadas, como cafés cremosos.

Iberostar Praia do Forte

O ambiente era bem convidativo e charmoso.

Iberostar Praia do Forte

Iberostar Praia do Forte

Iberostar Praia do Forte

Iberostar Praia do Forte

Tinha um cardápio bem variado, foi difícil decidir o que pedir hehe

Iberostar praia do forte

Tiger: suco de abacaxi, morango e batida de coco. Delicioso!!

Iberostar Praia do Forte

Tropical Coconut: batida de coco, suco de abacaxi e laranja. Também muito bom!!

Iberostar Praia do Forte

Kir Royale: licor de cassis e champagne. Não fez muito meu estilo hehe

Iberostar Praia do Forte

Esse café estava delicioso!! 🙂 Não lembro o nome dele agora, mas, se não me engano, tinha rum.

Acabei experimentando algumas coisas por lá 🙂

Aliás, todos os funcionários foram bem simpáticos e solícitos, com exceção de um homem que ficava às vezes no bar do restaurante da praia, que tinha uma má vontade do cão, era super mal educado (ficou bufando porque eu pedi uma bebida em que um dos ingredientes tinha acabado e ele teve que abrir um armário e pegar um pacote novo) e chegava a esconder o cardápio (!!!) pra não ter que fazer as bebidas. Muito chato isso. E cheguei a ouvir outros hóspedes falando a mesma coisa desse mesmo cara. E às vezes, por causa de um funcionário assim, os outros levam fama ruim.

Enfim, era tanta coisa que nem deu pra aproveitar tudo! Mas aproveitei muito bem o que deu 🙂

 

No próximo post,  vamos falar um pouco sobre os passeios que fizemos fora do resort 🙂

 

(…continua!!)

Gostou do review? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies.

 

Especial Iberostar Praia do Forte – Parte 5

Restaurante Tematicos Iberostar

Restaurantes à la carte

O Iberostar Praia do Forte possui 4 restaurante temáticos (à la carte): o Odoiá (reastaurante baiano), Mai Tai (restaurante oriental), o restaurante Gourmet Do Lago e o restaurante Mar e Terra (se não me engano, era de frutos do mar).
A quantidade de reservas variava conforme as diárias. No meu caso, como fiquei 7 dias, tive direito a 4 reservas.

Já tinha decidido de antemão em quais deles iria, e um deles seria no Iberostar Bahia. Como disse anteriormente, tinham me informado que se eu me hospedasse no Iberostar Praia do Forte, teria direito à usufruir do Iberostar Bahia, o que não aconteceu porque um grupo fechou o Iberostar Bahia para eles (o que me frustrou muito, e quase estragou a viagem, porque me senti muito enganada e paguei a mais por opções extras que não ia ter).

Não sou muito fã de pratos à la carte, gosto de variedade e de provar diversas coisas, mas não ia deixar de experimentar.

 

Mai Tai – restaurante oriental

Restaurante Tematicos Iberostar

Esta foi minha primeira opção na reserva do restaurante. Achei bem diferente ter um restaurante oriental no resort e fiquei ansiosa para ver como era.

Restaurante Tematicos Iberostar

Um ponto super positivo é que, apesar de ser um restaurante à la carte, tinha um buffet com diversas opções para se servir com entradas bem saborosas: sushis, sashimis, camarão empanado, lula, dentre outros. Como tinha muita gente pegando coisas no buffet, infelizmente não consegui tirar fotos dele. Mas tirei do prato que fiz.

Para pedir o prato à La Carte, simplesmente entregaram o menu sem explicar nada, e o menu estava bem confuso para entender como o prato deveria ser pedido. Aí eu, morrendo de vergonha, tive que pedir umas 3 vezes pra explicar. Os funcionários foram bem simpáticos, mas foi meio chato, não deveria ser algo tão complicado assim.

Restaurante Mai Tai Iberostar

Esse prato estava uma delíííícia!!

O prato que eu e meu marido escolhemos foi o salmão com um tipo de arroz oriental (que, na confusão com os pedidos,  acabei não pegando o nome), simplesmente maravilhoso!! O salmão era enooorme (nem aguentei comer tudo porque já tinha comido um monte no café da manhã/almoço hehe), era suculento e saboroso. O arroz então, estava super bem temperado, lembrava bastante um arroz carreteiro, e foi o destaque do prato pra mim.

restaurante oriental iberostar

Na sobremesa, tinha algumas opções repetidas dos restaurantes principais, e algumas específicas.

Restaurante Oriental Iberostar

Tão servidos? 🙂

Gostei bastante deste restaurante, e achei que valeu a pena experimentar.

 
Odoiá – Restaurante Baiano

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Na minha segunda reserva, fui experimentar o restaurante baiano.  Assim como o Oriental, era um ambiente muito bonito, bem decorado e agradável.

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Pra minha felicidade, ele também era no mesmo esquema que o Oriental: havia um buffet antes do prato principal, com diversas opções.

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Dentre as opções, havia saladas, um bacalhau bem gostoso, itens diferentes e bem interessantes, como por exemplo, uma banana picada com um queijinho coalho e coco (se não me falha a memória hehe), caldinho de sururu, sardinha frita, farofa de dendê, bolinho de aipim, mandioca frita, etc.

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Experimentei a passarinha (esta carne ao lado do bolinho de aipim)

Inclusive, tive a chance de experimentar um item que meu chefe Fabrício me recomendou: a passarinha (lembra bastante fígado, mas o gosto é ainda mais acentuado e saboroso!).

Restaurante baiano Odoia Iberostar

mini acarajé 🙂

Tinha até um mini acarajé no buffet!

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Restaurante baiano Odoia Iberostar

batata frita, sardinha frita, vinagrete, legumes, bacalhau, treco muito bom de banana e queijo coalho, passarinha, bolinho de aipim e batata! 🙂

Realmente, estava tudo muito gostoso. Só a sardinha que, apesar de deliciosa, não deu pra aproveitar muito porque tinha MUITA espinha e eu não quis arriscar 😦

Restaurante baiano Odoia Iberostar

O menu estava bem mais simples de entender, e evitou a fadiga hehe

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Fui de carne de sol com pirão de leite. Estava com um certo receio do pirão de  leite, mas quando experimentei, acabei gostando bastante! É bem suave e agradável! A carne de sol também estava gostosa, mas como ela é bem dura, prefiro em pedaços mais finos, como minha avó costuma fazer. E o queijinho, então, sensacional!

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Olha só que maravilha de apresentação nesse prato!!

Meu marido foi de filé mignon de porco com feijão tropeiro. A apresentação do prato estava maravilhosa: vinha numa folha de bananeira, coisa mais linda de se ver hehe Pedimos pratos diferentes justamente para podermos experimentar mais de uma coisa, então acabamos fazendo um “intercâmbio gastronômico” hehe O prato dele estava muito bom também, apesar do feijão tropeiro estar com um tempero bem suave, ainda assim estava muito gostoso. O filet de porco, idem.

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Quanto às sobremesas, também era no mesmo esquema do restaurante Orienal. Tinha as mesmas do restaurante principal…

Restaurante baiano Odoia Iberostar

… e algumas típicas.

Restaurante baiano Odoia Iberostar
Enfim, adorei a experiência, achei o restaurante muito bom! Valeu a pena ter reservado 🙂

 
Restaurante Gourmet

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Restaurante baiano Odoia Iberostar

Restaurante Gourmet Iberostar

Tinha até um girassol na mesa, e é minha flor preferida 🙂

Era o mais bonito e bem decorado de todos, mas foi, sem sombra de dúvidas, o pior.

Restaurante Gourmet Iberostar

O menu (tirando a parte da entrada e da sobremesa) estava uma confusão só! E, pra piorar, não tinha buffet, a entrada tinha que ser escolhida também pelo menu. Neste caso, falaram que a gente podia repetir (aí ficou a dúvida se nos outros também poderia ou não, o que não foi explicado pra nós).

Restaurante Gourmet Iberostar

De entrada, escolhi a salada de lagosta com Mikado de legumes e ragout de faisão.

Restaurante Gourmet Iberostar

Meu marido escolheu o salmão defumado recheado com espuma de camarão e culis de coral caramelizado.

A salada de lagosta estava bem sem graça, mas o salmão estava bem gostoso!

Restaurante Gourmet Iberostar

De prato principal, meu marido escolheu o Magret de Pato à laranja com caramelo de pinhões e vinagre de Modena.

Restaurante Gourmet Iberostar

Já eu fui de costelas de cordeiro grelhado à provençal com mel e crocante de alho-poró. Mal sabia eu o erro que havia cometido.

Quando chegou o meu prato, um cheiro simplesmente terrível tomou conta do ambiente. Era indescritivelmente ruim, a tal ponto que me deu ânsia e quase não consigo nem provar minha comida. Pra piorar, vi que ele estava vindo do molho do meu prato e, quando experimentei, tive uma infeliz percepção: o gosto era tão ruim quanto o cheiro!! Sério, nunca comi algo TÃO ruim na minha vida, não dá nem pra descrever como foi. Perdi até o apetite. Aí, fui experimentar o cordeiro: estava duro, esturricado e sem sabor. Eca 😦 Se eu soubesse, tinha ido jantar no restaurante principal. Pior que ainda tive a ideia de esquecer esse jantar e ir lá, mas meu estômago ficou tão revirado dessa comida que não consegui.

O prato que meu marido pediu estava melhor, mas nada de especial, ou que valesse a pena experimentar. O pato estava com uma consistência bem melhor, desmanchava na boca, mas não estava saboroso.

Restaurante Gourmet Iberostar

E por fim, a sobremesa. Eu e meu marido escolhemos a única coisa que achamos que não tinha muito como dar errado, a “surpresa de chocolate branco e preto, espuma de framboesa com menta e açúcar caramelizado”, esperando que a surpresa não fosse desagradável dessa vez hehehe

Restaurante Gourmet Iberostar

Restaurante Gourmet Iberostar

Foi uma espécie de mousse bem genérico, com um chocolate branco mais genérico ainda, e uma bolinha de menta no meio (acho que essa era a “surpresa”). A única coisa boa meeesmo era a calda de framboesa, pena que não vinha quase nada né 😦

Restaurante Gourmet Iberostar
Enfim, esse restaurante foi um desastre. Por conta dele, até desisti de experimentar o “Mar e Terra”, pois como era de frutos do mar e já tinha visto que frutos do mar/peixes não era o forte do hotel, preferi mil vezes as opções variadas do buffet principal do que correr o risco de dar tudo errado de novo e estragar minha última janta do resort.

Restaurante Gourmet Iberostar

O restaurante Gourmet é, sem dúvida, muito bonito e agradável. Porém, totalmente dispensável.

 

Tirando essa experiência ruim com o Gourmet, gostei muito dos outros restaurantes à la carte, achei melhor do que o do Salinas pelo fato de ter a opção do buffet como entrada com diversas comidas bem bacanas para escolher. Isso foi um diferencial muito bom, principalmente para mim, pois gosto muito de comer coisas bem variadas.

IberostarPraia4

No próximo post, vamos falar sobre outros destaques gastronômicos do Iberostar! 🙂

(…continua!!)

Gostou do review? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies.

Especial Iberostar Praia do Forte – Parte 4

jantar Iberostar Praia do Forte

Jantar no restaurante principal do Iberostar

O jantar era bem semelhante ao almoço, exceto que na janta eles faziam o macarrão na hora pra você,e ficava MUITO gostoso (e bem diferente de quando você apenas pegava o macarrão e jogava o molho por cima). Experimentei um espagueti ao molho 4 queijos (que ficou sensacional!) e ao molho bolonhesa (também muito bom).

jantar iberostar praia do forte

Ah, a Paella!!! Tão gostosa quanto aparenta!

O bom era que quase todos os dias teve paella, uma das melhores opções do restaurante!!

O bom era que quase todos os dias teve paella, uma das melhores opções do restaurante!!  E claro, diversas opções de carnes, frangos, arroz, feijao preto, feijão branco, mandioquinhas fritas, bananas, fritas, etc etc etc... :D

Tadinho do porquinho!! 😦

E claro, diversas opções de carnes, frangos, arroz, feijao preto, feijão carioca, mandioquinhas fritas, bananas fritas, etc etc etc… 😀

jantar Iberostar Praia do Forte

Uma coisa que acabei não mencionando no post foram as pizzas que sempre serviam no almoço e na janta: simplesmente deliciosas!! Não ficavam devendo em nada para as melhores pizzarias! E eram feitas na hora, a cada tanto tempo saía uma fornada com pizzas fresquinhas e saborosas! Aliás, experimentei uma meio estranha, que era doce, mas que levava mussarela junto do chocolate e da banana, não curti muito hehe Achei que a mussarela não combinou muito com o chocolate… Mas as salgadas, especialmente a de gorgonzola, estavam maravilhosas!!

jantar iberostar praia do forte

Aliás, tanto no almoço quanto na janta, sempre havia disponível pães e queijos, além de café.

E também tinha castanhas de caju e umas frutas secas.

jantar iberostar praia do forte

jantar iberostar praia do forte

 

Alguns dos pratos que fiz na janta:

jantar iberostar praia do forte

 Jantar iberostar praia do forte

 

… e as sobremesas!!

Iberostar Praia do Forte jantar

Nas sobremesas, tinha mais opções quentes (como banana caramelada, folhado com ganache, bolo com cobertura quente de ganache, coisas bem gostosas, dava pra fazer uma espécie de petit gateau pegando o sorvete, difícil era caber depois da janta hahaha).

jantar iberostar praia do forte

Ah, essa tortinha de mousse!! Pena que só apareceu 2 dias por lá!!

E todo dia (no almoço e na janta) tinha cocada, queijadinha, brownie, mini quindins, mousses, pudim e frutas.

Realmente, o que não faltava era opção. Como a comida deles não era tão bem temperada, ia descobrindo ao longo dos dias quais eram as melhores opções, e no fim, estava curtindo bastante as refeições e a estadia no hotel, só senti MUITO a falta de um peixe que estivesse realmente saboroso, apesar que até acabei encontrando um ou outro 😀

jantar iberostar praia do forte

No próximo post, vamos falar sobre os restaurantes temáticos! 🙂

(…continua!!)

Gostou do review? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies.