Cooking Show 2017

cooking show

Recentemente, o Kitchen for Dummies participou do Cooking Show no Tivoli Hotel, evento da Korea Agro-Fisheries & Food Trade Corporation voltado para a divulgação da culinária coreana, que contou com um Cooking Show feito por João Brasil, apresentação de produtos alimentícios coreanos e degustação.

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

O evento contou com a participação de diversas empresas, que montaram um stand com seus produtos e os apresentaram aos presentes. E a diversidade era grande, desde os tradicionais macarrões orientais, temperos, e farinha Panko até mesmo uma pera coreana, e também palitos cobertos com chocolate e bebidas tipo Yakult.

cooking show

 

cooking show

cooking show

cooking show

O evento começou com o Cooking Show de João Brasil,  culinarista e editor de banchan, dedicado à culinária coreana. Ele mostrou o Dakgamjóm, frango frito ao molho adocicado e picante, e Burgogui, carne bovina marinada ao molho de soja e frutas.


cooking show

Depois, representantes de cada empresa falaram um pouco sobre seus produtos.

 

cooking show

cooking show

cooking show

E, por fim, a degustação, com o Dakgamjóm (delicioso e picante, amei!) e o Burgogui feitos no cooking show.

 

 

cooking show

cooking show

Além disso, foram servidos várias outras comidas coreanas. Esse da foto acima é o Kimbap, o sushi coreano.

cooking show

Raíz de Lótus, que como o nome indica, é a raíz da flor de lótus, uma planta aquática.

cooking show

Oi-Sobagi: pepino temperado à moda coreana, recheado com cebolinha e alho.

cooking show

Japchae: Macarrão de batata doce, legumes variados e shitake.

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

cooking show

Além disso, teve também o Bibimbap, mini panqueca de frutos do mar, lombo dentre outras comidinhas!

A comida coreana é bem temperada, de sabor intenso e tem uma certa predominância do picante nos pratos.

cooking show

Esse docinho é um doce de arroz! Bem diferente!

cooking show

cooking show

cooking show

Também foram servidos Drinks a base de Saju e Makgeoli, duas bebidas coreanas. Experimentei esse Pyeongchang, feito com Soju, limão e Yakult!! Achei super leve, docinho e pouco alcoólico, o que me agradou bastante.

Uma dica para quem quer encontrar produtos coreanos é dar uma passeada pela região do Bom Retiro, próximo à estação Tiradentes do metrô, lá tem diversos mercadinhos que vendem dos mais variados produtos!!  Como trabalho por perto, já tive a oportunidade de visitar alguns!

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!!

Especial Salinas de Maragogi 2016 – Parte 6

salinas maragogi

Parte 6 e final do nosso especial Salinas de Maragogi!! 🙂 Agora, vamos falar sobre o bar e o restaurante que ficam próximos à praia!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Este restaurante era voltado pra petiscos, mas na verdade dava pra almoçar lá se quisesse de tanta coisa boa que tinha!!

salinas maragogi

salinas maragogi

Ele estava sempre vazio e bem sossegado, pelo menos nas vezes que fui!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Tinha até sobremesas lá!

salinas maragogi

Bebidas à vontade na geladeira!

salinas maragogi

Tinha esse quiosque também que servia alguns caldos e bebidas.

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

No bar da praia, durante à manhã, eram servidos lanchinhos e petiscos!

salinas maragogi

Tinha chopp à vontade!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Cervejas e drinks para todos os gostos!

salinas maragogi

salinas maragogi

Drinks alcoólicos e não alcoólicos eram feitos na hora! 🙂

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Tinha também várias opções de sorvetes: Frutare de limão e coco da Kibon, sorvete de casquinha, e essas paletas (que pensei que eram mexicanas e que iriam vir recheadas, mas eram bem simples). Queria experimentar todos os sabores das paletas, mas infelizmente não consegui. Das que eu experimentei, a que eu mais gostei foi a de frutas vermelhas. Ah, e também tinha açaí lá! Só fiquei sabendo porque li em um review, acho que eles deviam divulgar mais isso!

salinas maragogi

Água de coco à vontade, que paraíso!!

salinas de maragogi

E o camarão do bar da praia, minha gente, que delícia!! Carnudinho e saboroso!

salinas de maragogi

salinas de maragogi

salinas de maragogi

salinas de maragogi

salinas de maragogi

À noite, além dos lanchinhos, eram servidas pizzas! 😀

salinas de maragogi

salinas maragogi

Na praia, tinha um lugarzinho que se concentravam algumas lojinhas pra comprar roupas e souvenirs.

salinas maragogi

salinas maragogi

Tudo isso pertinho da praia, que estava sempre um espetáculo! Águas mornas, calmas e cristalinas!!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

E ainda podíamos ver essas piscinas naturais em maré baixa!! Fantástico!

salinas maragogi

E os restaurantes temáticos Italiano e Nordestino? Não os reservei nesta estadia, fui neles da outra vez que estive no Salinas, mas eu particularmente preferi a variedade de opções do buffet do que a experiência de um jantar à la carte, então desta vez optei por não reservar. Recomendo experimentar, vale a pena ver como é.

Bom, deu pra ver um pouco de tudo que o Salinas tem a oferecer, né? Pra quem gosta de natureza e praia, esse é o resort perfeito. E foi muito legal ver que nesse tempo que passei longe do Salinas, melhoraram muita coisa que estava sendo criticada, sinal de que eles realmente ouvem as críticas passadas e tomam ações à respeito (como o wi-fi gratuito e a questão da abelha nas bebidas). Os funcionários também, sempre muito solícitos e educados, é algo que deve ser destacado. Claro que ainda tem pontos a melhorar, como o café da manhã, que apesar de ser muito bom,  senti falta de algumas coisas, como bolachas, itens com chocolate (não me lembro de ter um pão recheado com chocolate) e uma variedade maior de iogurte/vitaminas, e alguns pães não estavam muito bons, alguns deles estavam bem duros.  E também o shampoo/sabonete do banheiro eram muito fraquinhos. Mas no geral, posso dizer que gostei muito de tudo, e mesmo esses defeitinhos não foram capazes de ofuscar a experiência que tive.

Enfim, posso dizer que meus dias lá foram sensacionais, um sonho, esse lugar é um paraíso na terra. A única coisa ruim realmente é a hora de ir embora.

 

salinas maragogi

E chegamos ao final desse especial! Espero que tenham curtido! Até a próxima viagem (ainda a decidir! 😉 )

Ah, e pra quem não sabe, também tem um especial do Iberostar Praia do Forte, outro resort all inclusive, deem uma olhadinha! 😉

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!

 

 

Especial Salinas de Maragogi 2016 – Parte 5

salinas maragogi

Continuando com os posts de Salinas do Maragogi, agora com a parte mais gostosa: as sobremesas!! Tanto é que precisei dedicar um post só pra elas! hehe 🙂

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Achei que melhorou muito as opções desde a última vez em que estive lá, tanto na variedade quanto na qualidade. Destaco os bolos de chocolate, todos os que apareceram estavam fantásticos, não tinha miserê nem no recheio, nem na cobertura, era um verdadeiro espetáculo!

salinas maragogi

O pudim, clássico das sobremesas, esteve presente todos os dias! 🙂

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Além de bolos, pudins, tortas e pavês, tinha também alguns docinhos regionais, como ambrósia, doce de coco, doce de mamão…

salinas maragogi

E uma saladinha de fruta mara!!

salinas maragogi

E várias frutas também!

salinas maragogi

A parte diet também estava bem servida e delicinha!

salinas maragogi

Gente… dá só uma olhada nesse bolo… com gotas de chocolate!!!! Meu, morri mil vezes quando comi!!!

salinas maragogi

Olha esse quindão, que delícia!!

salinas maragogi

Torta de doce de leite!! Morri de novo mil vezes hahaha

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Esse bolo de frutas vermelhas foi um dos bolos mais gostosos que já comi na vida!! Tinha um azedinho fantástico que harmonizava perfeitamente com o bolo! Pena que não teve nos outros dias 😦  Salinas, manda um pra cá!!!

salinas maragogi

E os bolos de chocolate, como disse anteriormente, sempre perfeitos!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

E olha só esse bolo de KitKat!!!  Trouxeram esse mimo pra gente lá no nosso quarto em um dos dias! 🙂 Não sei bem o porquê, nem sei se fazem isso com todos, mas tava muito bom!! 😉

Próximo post, vou falar sobre o restaurante e bar que ficam na praia e o que eles oferecem! 🙂

(…continua!!)

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!

 

Especial Salinas de Maragogi 2016 – Parte 4

salinas maragogi

Quarta parte do especial do Salinas de Maragogi! Neste post, vou mostrar o buffet de almoço e jantar do Salinas! 🙂

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Uma coisa bem legal que vale muito a pena mencionar é que não houve filas / congestionamento pra se servir no restaurante. Apesar do lugar ser amplo e bem espaçado, estava com receio de ficar lotado, principalmente porque desta vez eu me hospedei em uma época mais fora de baixa temporada. Mas todos os dias, sem exceção, tanto no almoço quanto na janta, foi tudo muito tranquilo e sem stress! 😀

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Quem curte uma boa saladinha (como eu) estava bem servido por lá! 😀

salinas maragogi

salinas maragogi

Várias opções de queijos e molhos!

salinas maragogi

Sucos naturais diversos e bem delicinhas! 😀 Além de refrigerante, cervejas, espumantes, vinhos…

E quanto às opções, gente, era uma quantidade imensa!! Fiquei até triste porque era impossível experimentar de tudo!! Dá só uma olhada abaixo em algumas opções que tiveram no almoço/janta do Salinas!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Carnes, frangos, peixes, comida regional, bolinhos recheados (queijo, camarão, charque…), arroz, feijão, massas, farofas… gente, tinha muita, mas MUITA coisa MEEEEESMO!! Até carne de coelho eu comi (e tava maravilhosa!!!)

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

E quando você pensa que não tem mais comida, olha só isso!!

salinas maragogi

salinas maragogi

Tinha dias que você podia montar a sua macarronada, escolhendo o tipo do macarrão, molho e ingredientes! No restante dos dias, você só não tinha essa variedade de ingredientes mas ainda assim, podia escolher o tipo de macarrão, que era feito na hora, e o molho! 🙂 Infelizmente, não consegui experimentar o completo, mas só o macarrão feito na hora com o molho já estava fantástico!!!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Teve dia do sushi também! 🙂

salinas maragogi

salinas maragogi

E lagostim!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

E não podia faltar as comidinhas típicas! 🙂

salinas maragogi

E os risotos, sensacionais!!

Abaixo, alguns dos pratos que eu e meu marido fizemos:

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Mas e a sobremesa?? Esta fica pro próximo post! 😀 Não percam!! 😉

(…continua!!)

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!

Especial Salinas de Maragogi 2016 – Parte 3

salinas maragogi

Continuando a série de posts do Salinas de Maragogi, agora vou mostrar o buffet de café da manhã! 😀  Acho que nunca falei sobre isso aqui, mas além deu ser louca por queijos e chocolate, sou completamente apaixonada por pães, o que torna o café da manhã, sem dúvida alguma, a minha refeição favorita!! 😀

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

O buffet tinha uma grande variedade de pães doces e salgados, também tinha croissaints e torradas, além de uma cocadinha de forno que me conquistou! 🙂

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Alguns tipos de bolo também eram oferecidos, como o bolo de mandioca, formigueiro, bolo souza-leão, também tinha um bolo de rolo que não era bem aquele famoso mas estava gostoso.

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Os frios ficavam em uma bancada de gelo, achei isso muito legal, especialmente porque os conserva fresquinhos!! Isso foi novidade nesta minha segunda estadia no hotel! Ah, e que delícia era pegar um queijo coalho junto com uma goiabada e fazer aquele romeu e julieta gostoso!!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Requeijão (Polenguinho), manteiga com sal e sem sal, mel, geleias…

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

E também não podia faltar os pratos quentes e a comidinha regional! 🙂 Ovos pochê, ovo mexido, pão de queijo, salsicha, Mugunzá, Cuscuz, dentre outras delicinhas!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

E claro, frutas e mais frutas pra fazer o café da manhã um pouco mais saudável! hehe

salinas maragogi

Tinha iogurte natural, de graviola e de morango, confesso que esperava encontrar mais variedade ou algumas vitaminas naturais.

salinas maragogi

Cereais e granola (e que granola, meu deus!! :D)

salinas maragogi

Máquina que soltava leite quente e cafeteira.

salinas do maragogi

Também tinha uma máquina que fazia cappuccinos.

salinas maragogi

Sucos naturais e achocolatado.

salinas maragogi

Para aqueles com dietas restritivas, também havia opção de pães e biscoitos sem gluten.

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Esse ponto do buffet talvez fosse um dos lugares mais queridos no café da manhã: aqui, se fazia tapioca e omelete na hora!! Minha vontade era de experimentar todos esses sabores, mas infelizmente não deu!!

salinas maragogi

Mas não podia deixar de pegar o clássico de coco com leite condensado e a minha criação de quando fui no Iberostar e aqui repeti a pedida: doce de leite com queijo coalho. Gente, vocês não tem noção do quanto é boa essa combinação!! Recomendo fortemente!! 😀

salinas maragogi

Também experimentei a de prestígio (chocolate com coco) e gostei bastante!

salinas maragogi

Close na de doce de leite com queijo coalho!! Pedi pra caprichar e a moça ainda perguntou “É por sua conta e risco?” e eu “com certeza, pode colocar sem dó”! E olha, veio sem miserê mesmo heim!!! 😀 😀

salinas maragogi

Prestígio, deliciosa!

salinas maragogi

Segunda pedida da de coco com leite condensado, porque essa aí merece mil repetecos! O coco que usavam na tapioca era maravilhoso!!

salinas maragogi

E pedi outra de doce de leite com coco, só que essa estava ainda melhor porque o doce de leite era de panela de pressão (ou muito parecido!!)

salinas maragogi

salinas maragogi

Queria muito ter experimentado a omelete também, mas geeente, não deu!! Muita coisa!!

Abaixo, alguns dos pratos que eu e meu marido fizemos no café da manhã:

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Só depois eu notei que esse prato era tudo goiaba!! O rocambole, o romeu e julieta e o pãozinho aí, que vinha recheado!

salinas maragogi

salinas maragogi

Rocambole (que chamaram de bolo de rolo, mas não era bem um hehe), bolo pé de moleque, bolo de mandioca e um biscoito de goiaba (nem gosto de coisa com goiabada, né?)

salinas maragogi

Gente, acho que esse pão pizza foi a melhor coisa do café da manhã!! O sabor era de outro mundo!!

salinas maragogi

salinas maragogi

Arroz doce delicinha!

salinas maragogi

salinas maragogi

E esse prato então??? Ovos poché, ovo mexido com leite e cartola, que era basicamente banana com queijo, simplesmente maravilhoso, minha gente!!  E com essa maravilha, encerro este post do café da manhã!!

Próximo post, vou falar sobre o almoço no Salinas de Maragogi!😉

(…continua!!)

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!

Especial Salinas de Maragogi 2016 – Parte 2

salinas maragogi

Continuando o post contando nossa experiência no Salinas de Maragogi! 🙂

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Chegando ao Salinas, fomos deixar nossas malas no quarto.

Estávamos um tanto apreensivos pois chegamos em meio à chuva, mas logo ela passou e todos os outros dias foram dias de sol, chuva mesmo só à noite! 😀

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Ficamos em um apartamento com vista lateral para a praia. O quarto era grandinho, achei apenas o banheiro um pouco menor do que esperava. Tem o frigobar com algumas garrafinhas mini de refrigerantes e copinhos de água mineral (aliás, você pode pedir pra substituir por sucos caso não beba refrigerante). A cama é confortável, travesseiros idem. Também tem um cofre eletrônico.

salinas maragogi

Quando arrumam o seu quarto e trocam as toalhas, você volta e encontra essas fofuras em cima da cama! 🙂

Ah, e uma coisa super legal que não tinha quando fui lá da outra vez (e que inclusive foi uma sugestão que eu dei no feedback da última viagem): wi-fi grátis em toda a extensão do hotel!! E pega melhor do que muito hotel que já estive, viu!! Não tive problemas com ele.

 

Canoas Bar

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Meu primeiro contato gastronômico ao chegar lá foi com o Canoas Bar, que é um lugar que serve café e chá da tarde das 16h às 20h, próximo as piscinas mais afastadas da praia.

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Ele estava beeeem diferente da última vez que estive. E ainda melhor!! Agora, tinha um serviço como se você estivesse em uma Cafeteria, com um balcão cheio de comidas diferenciadas (teve até brigadeiro de churros, gente!!!), em que você pedia o que queria e sentava em uma das mesas para degustar. Amei!! Melhorou muito as opções, que antes se resumiam à bolos simples e crepes, e agora tinha coxinha, esfihas, croissants, torta holandesa, tostex feitos na hora, maravilhoso!!

salinas maragogi

salinas maragogi
E não pense que porque era um resort All Inclusive que as coxinhas eram simples. Pelo contrário, eram super bem feitas, uma das melhores que já comi!! Os demais salgados também estavam todos maravilhosos!

salinas maragogi

Também gostei muito do tostex!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Além disso, vários docinhos eram servidos, como esses mousses, que eram bem gostosinhos! E moussecakes, como esse de morango da foto! E tinha mousse de tudo, mousse de chocolate branco, de coco, até de ameixa teve!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

Também teve torta de limão, torta holandesa, cupcake, brigadeiros….

salinas maragogi

salinas maragogi

Mas a estrela de toda a minha estadia não podia deixar de ser ele, o brigadeiro de churros!!! Vibrei quando vi que tinha ele, queria ter comido uns mil, mas não cabia!! Ele estava sensacional, cremosíssimo, delicioso, indescritível! 😀

salinas maragogi

Tinha uma saladinha de fruta mara também!

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

 

Além disso, em certos momentos, canapés e drinks eram oferecidos às mesas, como esse refresh drink, que era um coquetel feito com suco de limão, Sprite, leite condensado e gelo! 😀

salinas maragogi

Ah, e por falar em bebida, uma novidade que me deixou muito contente: agora os refrigerantes estão em mini garrafinhas!! Antes ficavam em máquinas de refrigerante, e era muito difícil de pegar porque ficava rodeado de abelhas! Muita gente reclamou disso e eles solucionaram o problema, achei bem legal!

salinas maragogi

Gente, tudo de bom!! 😀 O primeiro dia veio a confirmar que minha escolha de ter voltado pra cá foi acertada, e que o Salinas não apenas continua sendo um paraíso como está ainda melhor!

Próximo post, vou falar sobre o café da manhã no Salinas de Maragogi! 😉

(…continua!!)

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!

Especial Salinas de Maragogi 2016 – Parte 1

salinas maragogi

Não é a primeira vez que nos hospedamos no Salinas de Maragogi. Há alguns anos atrás, visitamos esse resort maravilhoso e tivemos uma experiência inesquecível. Fomos pra outros lugares depois, mas por melhor que eles fossem, nenhum conseguiu superá-lo. Então, nesse ano, resolvemos voltar! 🙂

salinas de maragogi

O Salinas de Maragogi é um resort All Inclusive que fica em Maragogi, um município em Alagoas. Ele está a 125km dos aeroportos de Recife (PE) e Maceio (AL). Esse trajeto leva pouco mais de duas horas e acaba sendo bem cansativo, mas quando você chega no restort, vê que valeu a pena!

Da outra vez, viemos por Maceió, do Aeroporto Zumbi dos Palmares, e desta vez, fomos por Recife, Aeroporto Internacional dos Guararapes. A melhor opção é Recife, pois além da viagem ser um pouco mais curta, as estradas são melhores. Aliás, tive um certo desgosto com o traslado da Tropicana, pois na ida acabaram colocando eu, meu marido e mais outro casal em um carro simples que quase não coube as malas, ou seja, alguém saiu lucrando com o desconforto da gente, né Tropicana? 😦

Uma dica pra quem pretende reservar um quarto no Salinas: faça com antecedência, pois os quartos se esgotam incrivelmente rápido. Eu e meu marido achamos que estávamos adiantados com 6 meses de antecedência e quase ficamos sem Salinas!

salinas maragogi 2016

Não vou falar sobre preços pois varia muito dependendo da época que você quer fazer a sua reserva, e no site do Salinas você pode fazer simulações de acordo com o que estiver procurando (assim como no site da CVC, onde você pode ver o preço do pacotes oferecidos).

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas de maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

O sistema All Inclusive permite que você coma e beba de tudo sem nenhum custo adicional. É tipo vida de rei mesmo  hehe 😀 Além do café da manhã, almoço e jantar, tem comida rolando o dia inteiro nas dependências do resort! Abaixo, vou colocar as informações na íntegra retiradas do folder que recebemos logo ao chegar:

Café da manhã no Restaurante Galés – das 07h às 10h
Sanduiches frios e salgados, bebidas frias e quentes, sucos e coquetéis no bar da praia – das 09h às 17h
Petiscos no Restaurante Italiano – das 11h às 15h
Almoço no Restaurante Galés – das 12h às 15h
Café e chá da tarde no Canoas Bar – das 16h às 20h
Lanche da tarde no Bar da Praia – das 16h às 19h
Jantar no Restaurante Galés – das 19h às 22h
Sanduíches naturais durante o entretenimento noturno – das 21h às 23h
Lanche noturno no Restaurante Galés – das 23h às 07h

 

Jantares à la carte:

Funcionam em dias alternados nos restaurantes Nordestino e Italiano Contemporâneo, localizados à beira-mar. As reservas deverão ser realizadas antecipadamente com o maitre do Restaurante Italiano Contemporâneo, das 12h às 15h. Hóspedes com estadas a partir de três noites têm direito a um jantar em um desses restaurantes. Aqueles hopedados por cinco noites ou mais têm direito a dois jantares.

————————

É comida pra caramba, né gente? 😀 Tudo de bom!!

salinas maragogi

salinas de maragogi

salinas de maragogi

salinas de maragogi
O Resort tem uma ótima estrutura, com piscinas, quadras de tênis, volei de praia e futebol de areia, fitness center, sauna, etc, além de atividades programadas de lazer.

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas maragogi

salinas de maragogi

salinas de maragogi

Inclusive, é ótimo para família com crianças, pois possui o Clubinho do Siri, uma equipe que cuida do entretenimento infantil para crianças a partir de 4 anos de idade, então você que tem criança pode curtir despreocupado enquanto elas se divertem com atrações voltadas para o público infantil e coordenadas por esse clube.

Também tem diversos passeios, não inclusos na diária, mas bem interessantes para quem quer visitar outros lugares, como a bela Praia dos Carneiros, ou as famosas piscinas naturais. Lembrando que tais passeios dependem muito da condição climática e, no caso das piscinas naturais, é necessário se informar sobre os dias disponíveis, pois nem todos os dias tem passeio pra lá pois depende muito de como a maré estará no dia.

Neste ano, acabei não indo em nenhum pois queria aproveitar melhor a estrutura do hotel e, infelizmente, não consegui a quantidade de dias que queria pois os quartos já haviam se esgotado. Então, como passei menos dias, fiquei só no resort mesmo. Mas na minha ida anterior, fui às piscinas naturais e amei o passeio! Água transparente, com os peixes em volta de você, a coisa mais linda do mundo!! 😀 Super recomendo, ainda mais por não ser um passeio demorado, então você aproveita o passeio mas logo volta pra estrutura do hotel. Tem passeio que você acaba passando o dia fora e gastando horrores nos restaurantes locais, então, pelo menos pra mim, acho que não compensa, ainda mais porque o resort é all inclusive e já está pago. Mas enfim, vai de cada um, né!

Para saber mais sobre a estrutura do resort e atividades, visite:

www.salinas.com.br

salinas de maragogi

salinas de maragogi

salinas de maragogi

Bom, demos uma palhinha do Salinas nesse primeiro post, e no próximo vamos contar a experiência que tivemos por lá, especialmente em relação à gastronomia do resort.

 

(…continua!!)

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!

Campos do Jordão 2016 – parte 2 – Pousada Villagio Itália

villaggio itália
Na nossa viagem pra Campos do Jordão, ficamos hospedados na Pousada Villaggio Itália. Eu sempre pesquiso muito antes de escolher um hotel, olho os comentários no Trip Advisor, coloco os prós e contras e só então decido qual hotel ir.  Até agora, meu marido disse que tenho feito um bom trabalho hehe 😛

villaggio itália

A localização também foi levada em consideração. Como não tenho carro, queria um lugar próximo dos principais pontos da cidade, e realmente lá ficou perfeito, 5 minutos da rua onde se concentram os restaurantes e lojas, então dava pra fazer de tudo a pé.

villaggio itália

villaggio itália

villaggio itália

villaggio itália

Logo que cheguei no hotel, fiquei encantada!! Era mais bonito do que eu pensava. Pelas fotos que tinha visto, confesso que não achei ele tão bonito assim, e quase o descartei por isso. Mas quando cheguei, me surpreendi.

O quarto era grande, aconchegante, e tinha calefação, o que foi maravilhoso, pois sou muito friorenta e estava morrendo de medo de passar frio. Mas cheguei até a passar calor à noite, de tão bom que era o aquecimento do quarto.

villaggio itália

villaggio itália

O chuveiro também (outra preocupação forte minha quando me hospedo em hotéis hehe) era muito bom, tinha uma ótima pressão e a temperatura era bem regulável. O único porém é que não tinha indicação de qual era a torneira que saía água quente e qual saía água fria, e demora um tempo até esquentar, então no primeiro dia foi complicado, fiquei preocupada porque achei que a água não ia esquentar nunca hahaha E ficava mexendo nas torneiras até acertar, e aí acabaram-se os problemas 😉

Outra coisa que achei legal foi o preço cobrado nos itens de frigobar. Não era tão absurdo quanto alguns hotéis cobram, eram bem aceitáveis.

Os funcionários também eram bem solícitos e educados, nos atenderam muito bem.

Também não tive problemas com barulho, fiquei em um quarto no segundo andar e foi super tranquilo durante toda a estadia.

Ah, e vale destacar que foi o primeiro hotel que fiquei que teve um wireless perfeito, naveguei na internet no quarto com uma boa velocidade e sem nenhum problema!

villaggio itália

villaggio itália

Agora, quanto ao café da manhã, ele era servido em uma sala ampla e muito bem arrumada, com uma música italiana de fundo todas as manhãs, não teve como não voltar com elas na cabeça. Realmente é muito gostoso tomar um café da manhã com uma música agradável, e achei um ponto positivo, mesmo elas se tornando um tanto repetitivas após um tempo.

villaggio itália

Estava indecisa entre dois lugares, e o critério de desempate foi justamente o café da manhã, que parecia ser mais variado no Villaggio Itália. Mas por fim, confesso que me decepcionou um pouco porque não teve a variedade que esperava,  acho que foi o mais simples que já tive dos hotéis em que já me hospedei.

villaggio itália

vilagio itália

Tinha umas 3 opções de bolos todos os dias, e tinha alguma variação conforme os dias.

villagio itália

Tinha algumas opções de frutas, que estavam sempre frescas e com um ótimo aspecto.

villagio itália

A variedade de frios estava boa, e o queijo branco deles era muito bom!!

villagio itália

Tinha apenas duas opções de sucos, uva e laranja.

villagio itália

villagio itália

Dois cereais, um tipo sucrilhos e o outro de chocolate. E também tinha granola, que estava maravihosa!

villagio itália

villagio itália

Também tinha iogurte de morango e coalhada em alguns dias, que foi substituída por iogurte natural em outros. Adorei essa coalhada! 😀

villagio itália

villagio itália

villagio itália

Os biscoitinhos também estavam bem gostosos! Tirando o sequilho, que achei bem sem graça, tinha um de mel e aveia que simplesmente amei e fiquei feliz que repetiram em mais de um dia!! E também tinha um de cappuccino muito bom, e outro interessante de maracujá!

villagio itália

villagio itália

Para beber, tinha café, cappuccino, nescau e toddy. Aliás, bem legal que deram essas duas opções de achocolatado. Só achei que ficou faltando um leite em pó. Eu adoro fazer granola com leite em pó mas não teve essa opção.

villagio itália

villagio itália

villagio itália

villagio itália

Quanto aos pães, tinha sempre um pão de sal lindo, saboroso e fresquinho, e alguns pães caseiros diferentes e deliciosos, como o pão de mandioquinha (divino!!) e um outro de nozes que foi um dos melhores que já comi.

villagio itália

villagio itália

villagio itália

Também teve pão de pinhão, pão de batata com catupiry (não curti muito), fatias húngaras (um tanto secas), pão australiano (com aspecto envelhecido). Achei que ficou faltando uma bisnaguinha.

villagio itália

villagio itália

villagio itália

villagio itália

De salgados quentes, a opção estava bem fraca. Tinha um pão de queijo bem gostoso todos os dias, mas além dele, tinha apenas mais uma ou no máximo duas opções, como coxinha e croquete. E um dos dias teve quiche. Mas nada de um ovo mexido, por exemplo.

villagio itália

villagio itália

villagio itália

Tudo servido nele estava delicioso, não posso negar. Bolos extremamente macios, bem feitos e saborosos! Inclusive, teve até um bolo de maracujá que amei, e olha que nem curto muito coisas com maracujá!

villagio itália

villagio itália

Também amei a cuca de banana maravilhosa e um bolo pamonha que estava cremosíssimo e saboroso.

Porém, em certos dias, algumas coisas não estavam muito frescas. O pão australiano que comi parecia bem velho, assim como o pão de mandioquinha, que estava perfeito em um dia, e também com esse aspecto envelhecido em outro. O hotel deveria tomar cuidado com isso, ainda mais pela variedade de itens ser bem pequena.

villagio itália

Mas apesar desses probleminhas, gostei muito da minha estadia lá e voltaria de novo. E achei que foi uma escolha acertada, principalmente pela localização e pelo quarto. Ah, e vale destacar que é um hotel pra não fumantes, então não tem aquele resquício ruim de cheiro de cigarro que fica em alguns hotéis.

 

Pontos Positivos:

  • Localização
  • Funcionário solícitos, bem preparados e muito educados
  • Quarto amplo e aconchegante
  • Chuveiro delicioso
  • Frigobar com preço aceitável
  • O primeiro wireless de hotel que consigo usar bem dentro do quarto
  • Café da manhã com itens como pães e bolos muito saborosos e bem feitos
  • Música italiana bem agradável no café da manhã
  • Não teve nenhum distúrbio ou barulho durante a minha estadia
  • Pousada para não fumantes

 

Pontos Negativos:

  • Café da manhã muito simples e repetitivo
  • Alguns itens do café da manhã estavam com aspecto envelhecido

 

Pousada Villaggio Itália
Av. Dr. Vítor Godinho, 111 – Capivari – Campos do Jordão
Fone: (12) 3663.2533

 

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!!

Viagem para a Bahia 2015 – parte 7 – Fim do especial de férias do KFD

doce de leite bahia

Chegamos ao fim de mais um especial de férias/viagem do Kitchen for Dummies!! 🙂

central bahia

Palmeiras Bahia

água quente - bahia

café da manhã porto zarpa hotel

Visitamos Central, Palmeiras, Água Quente e Praia do Forte, fizemos um review do hotel Porto Zarpa, experimentamos diversas comidinhas, vimos alguns restaurantes, e, apesar de ter chovido 2 dos 4 dias que estivemos no hotel e deu ter pego uma gripe terrível por causa do ar condicionado do carro do traslado que eu vim, ainda assim foi muito gostoso e bem divertido!! 😀

praia do forte vila

A vila da praia do Forte é um lugar que vale muito a pena visitar, foi uma escolha bem acertada!! Tem bastante coisa ao redor, de lojinhas de artesanato à restaurantes, então quando não tiver na praia vai ter sempre algo pra ver/fazer!! Faltou até tempo pra ver tudo e experimentar os restaurantes da região.

praia do forte

A praia é muito linda, uma pena que não levei minha câmera no primeiro dia, que foi quando eu vi as piscinas naturais, os peixes mais coloridos e lindos, a água transparente, caranguejos, ouriços… Queria ter podido mostrar isso aqui também, mas nos demais dias ficou nublado e choveu, e não consegui mais tirar foto. Mas, de qualquer forma, acho que é algo que vale a pena ir conferir de perto, foto nenhuma vai transmitir a experiência que foi estar lá no meio dos peixes quando entrei em uma das piscinas naturais que se formaram na maré baixa na praia. É lindo demais 🙂

biscoitinhos de tapioca

cocada cremosa baiana

central bahia

Aliás, já estou pensando no destino das próximas férias (que também terá um especial aqui no Kitchen for Dummies, claro!! 😀 ). Alguém aí tem alguma sugestão ou está a fim de saber como é algum hotel/resort? Deixe nos comentários que com certeza levarei em consideração e tem grandes chances de ser o escolhido pro próximo especial do blog!!

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!!

Viagem para a Bahia 2015 – parte 3 – Hotel Porto Zarpa na Praia do Forte

porto zarpa hotel 1

Após minha passagem por Central, voltei para Salvador pois de lá iria para o Hotel Porto Zarpa, que fica na vila da Praia do Forte, bem próximo ao projeto Tamar. Já tinha vindo nessa vila em um dos passeios que fiz quando fiquei no resort Iberostar (ver especial do Iberostar aqui) e achei que seria um lugar bem interessante pra ficar.

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

Mas antes mesmo de chegar no hotel, passei por um grande susto. Ficaram de me passar confirmação do motorista e carro que ia me buscar na rodoviária, e 1 dia antes, nada dessa confirmação, e ao enviar um email questionando o traslado, recebi uma resposta que foi dada por alguém que parecia que não tinha nem lido o que escrevi e que, inclusive, me pedia novamente os dados e pagamento (que já havia efetuado).

Ao ligar lá, quem atendeu não só parecia não ter informação como também parecia não estar prestando atenção no que eu falava (repetia que ia me pegar no aeroporto e toda vez tinha que corrigir que era na rodoviária) e tive que insistir para que olhasse os meus emails com os dados. Se eu já estava em pânico, isso só fez aumentá-lo ainda mais.

Resumindo, se eu não ligo lá, provavelmente ia ficar na rodoviária esperando eternamente o motorista chegar. E o traslado era super caro, paguei R$400 reais pra garantir que não teria nenhum transtorno e foi justamente o que eu tive. Fora que imaginei que o traslado iria ser feito por uma empresa credenciada, e no fim era só um conhecido do hotel que tinha acordo com eles. Fiquei bem chateada com a falta de cuidado/atenção/organização.

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

Quando finalmente cheguei lá, fui muito bem recebida, e a frustração inicial foi passando. Achei o hotel bem bonito e aconchegante, tanto na área interna quanto externa. O quarto era maior do que imaginei, a cama era confortável (o travesseiro então, nem se fala!!), tinha uma rede bem gostosa na varanda. 🙂 O cofre era estranho, só cabia dinheiro mesmo, bem pequeno. O chuveiro tinha uma ótima pressão, mas oscilava muito a temperatura. Tinha vezes em que a água não esquentava de jeito nenhum, e isso foi meio chato, pois outro dia voltei da praia morrendo de frio porque tomei chuva, querendo tomar um banho quentinho, e a água estava fria

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

Quanto à piscina, não cheguei a utilizá-la, então não sei se é boa ou não. Só coloquei o pé lá pra ver se era aquecida (como havia lido num comentário no trip advisor), mas não parecia ser, não. O tamanho dela era razoável, achei maior do que parecia nas fotos. Nada muito gigantesco também, mas para um hotel pequeno, estava bom.

A localização do hotel era perfeita, pertinho da praia, da vila (onde tem um mooooonte de lojas pra visitar e lugares pra comer!) e do projeto Tamar. E ainda vi gente comentando no trip advisor que era longe da praia, genteeee, pessoal quer a praia na porta do hotel também, assim não dá, né? Uns 10 minutinhos a pé no máximo você estava lá!

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

O buffet do café da manhã era bem sossegado, também porque fui em baixa temporada e não tinha muita gente, mas no fim de semana teve um dia em que cheguei e quase não consigo mesa pra sentar, então não sei muito bem como é na alta temporada, pode ser que isso seja um problema (ou não, podem ser que eles simplesmente arranjem mais mesas/cadeiras).

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

Dentre os itens do buffet do café da manhã, havia salgados, bolos, pão de queijo, ovo mexido, frutas, sucrilhos, iogurtes.

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

Pra beber, tinha café, leite, chás e 2 tipos de suco (achei pouco, podia ter pelo menos mais um tipo de suco).

PortoZarpaHotel31

porto zarpa

Aliás, eles fazem tapioca na hora! E é deliciosa! Pedi uma de coco com leite condensado que, apesar de estar bem gostosa achei que veio bem pouco de leite condensado. Mas no dia seguinte, eu perguntei se podiam por um pouco mais e veio uma tapioca bem mais recheadinha, amei!! 🙂 Aliás, vale destacar a cordialidade dos atendentes do restaurante, eram super educados e gentis!

porto zarpa hotel

Outra coisa que gostei muito foi uma banana frita que passaram oferecendo nas mesas, meu deus, aquilo era divino!!

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

Também um ou outro dia, passaram oferecendo nas mesas bolinha de queijo, bolinho boliviano (bem diferente, apimentadinho!), e bolinho de bacalhau, os melhores que já comi pois a massa estava perfeita, sequinha e saborosa!! E o recheio sem miserê, mesmo no bolinho de bacalhau.

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

Esse pãozinho recheado estava tudo de bom! Pensei que era o tal do pãozinho Delícia, mas era um pão com Catupiry. Mas estava mara!

porto zarpa hotel

O bolinho de tapioca também me conquistou!

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

Mas confesso que, apesar de estar tudo muito bem feito e gostoso, achei o café da manhã bem simples, esperava um pouco mais, ainda mais pelo preço elevado da diária e pelas fotos que tinha visto no álbum do Flickr do hotel, onde a mesa era bem caprichada. Não sei se era porque tinha pouca gente hospedada, ou se era baixa temporada, mas podia ter sido bem melhor, ainda mais porque já fui em hotéis bem mais simples onde o café da manhã tinha uma variedade melhor.

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

porto zarpa hotel

Só lá pro domingo que capricharam bastante e colocaram vários itens top num dia só: bolo de limão com recheio e cobertura, rocambole caprichado de doce de leite, brownie, esse tipo de coisa que esperava que tivesse nos outros dias também, mas que não teve.

porto zarpa hotel

Outra coisa que decepcionou, e que achei bem estranho, é que só tinha manteiga pra passar no pão. Nada de maionese ou requeijão. E eu particularmente não acho que frios combina muito com manteiga.

porto zarpa hotel

Quanto as frutas, também esperava alguma mais típica da região.

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

porto zarpa

Essas foram outras coisas que comi no café da manhã.

Aliás, quando li os reviews no trip advisor, também havia lido sobre um café da tarde, mas em nenhum dos dias teve isso. Seria legal se tivesse tido, mesmo sendo baixa temporada e tendo poucas pessoas, acredito que o atendimento deveria ser o mesmo até pra despertar a vontade de voltar ao local.

O hotel tinha um restaurante com um cardápio interessante, mas não cheguei a experimentá-lo.

Um fato no mínimo curioso é que no segundo dia, trocaram o papel higiênico Neve por um outro de qualidade beeeem inferior, ainda estou tentando entender o por quê disso.

Achei os funcionários bem educados e super solícitos, principalmente os que ficavam na cozinha no café da manhã. Apenas uma das atendentes que se mostrou irritada pela minha insistência em verificar um problema na conexão com a internet que tive no meu quarto, estava com muita má vontade e inclusive me cortou quando fui perguntar pra outra funcionária à respeito deste problema, falando pra ela que estava funcionando quando eu disse que não estava, como se eu tivesse tentando enganar essa outra atendente. Isso foi bem desagradável. Inclusive, saí de lá sem ter conseguido conectar um dia sequer na internet. Tentaram diversas justificativas antes mesmo de sequer tentarem ver o que era (e nem sei se viram mesmo). Falaram que era o sinal que estava ruim, que era meu aparelho que estava com defeito (sendo que testei em 3), tive que insistir muito, mas MUITO mesmo, até provar que não estava funcionando, inclusive, levei meu notebook pra fazer um teste em outro quarto, aí sim se convenceram de que realmente estava com problema e cogitaram a troca do quarto, o que solucionaria facilmente o problema. Falaram que iam ver se a troca iria ser autorizada e pedi pra me avisarem quando isso fosse verificado. Toda essa situação foi bem desagradável e desconfortável.

No último dia, no check-out, uma moça (que acredito ser a gerente do hotel) disse que havia sido autorizada minha troca de quarto para um em que a internet estava funcionando, a outra atendente tinha ficado de me avisar e não me avisou, fiquei bastante chateada com isso. Recebi um pedido de desculpas da moça que estava fazendo meu check-out, claro que não dá pra colocar a culpa no hotel pelo comportamento de um funcionário, mas eles podiam ter um pouco mais de atenção com os hóspedes e ter se preocupado mais em ver se o problema tinha sido resolvido, e não simplesmente supor que tinha sido resolvido só porque eu não reclamei mais. Na verdade, eu parei de reclamar porque me senti constrangida, vi que já estavam irritados com a minha insistência e não queria estragar minhas férias com um stress desnecessário.

Até gostei do Porto Zarpa, mas não sei se voltaria a me hospedar lá por causa do que aconteceu, tanto em relação ao traslado, quanto à esse problema na internet, afinal, ninguém paga caro pra ter stress, ninguém gosta de ser tratado com descaso, nem de ser tratado mal por insistir na solução de um problema e ver que não pareciam nem um pouco preocupados em resolver. Mesmo que tenha sido uma ou duas pessoas que causaram tudo isso, acho que o hotel poderia se envolver mais com a interação entre os hóspedes/funcionários para impedir que coisas assim ocorram.

Ainda assim, entendo que tem coisas que fogem do controle e que talvez tenha sido apenas azar e isso não faz dele, necessariamente, um hotel ruim, apenas tem pontos que precisam melhorar. Inclusive, agradeço à moça que me atendeu no último dia no check-out (acabei nem pegando o nome dela 😦 mas acho que era a gerente do hotel, ou algo assim) que pelo menos se preocupou em perguntar se tinha dado tudo certo e que pediu desculpas pelo ocorrido. E volto a ressaltar que praticamente todos os funcionários do hotel foram super educados, gentis e solícitos, trataram eu e meu marido super bem e merecem elogios.

pontos positivos

  • Funcionários bem educados, solícitos e gentis, especialmente os que ficavam na cozinha
  • Café da manhã com salgados/bolos muito bem feitos e gostosos, não deixam nada a dever no quesito sabor. Tinha tapioca feita na hora e o melhor bolinho de queijo e banana frita que comi na vida.
  • quarto amplo e aconchegante
  • Ambiente agradável e bonito tanto na área interna quanto externa
  • O travesseiro mais confortável do mundo (sério, queria saber qual marca é pra comprar um pra mim)
  • Ótima localização, pertinho da praia, da vila e do projeto Tamar
  • Boa pressão do chuveiro
  • Varanda com rede

pontos negativos

  • Falta de organização em relação ao traslado/hospedagem (receber um email pedindo de novo meus dados e pagamento, ligar lá e ver que não sabiam do que eu estava falando, tudo isso 1 dia antes de chegar lá não foi um bom começo de estadia)
  • Tinha uma atendente com muita má vontade e que ficou irritada com a minha insistência no problema da internet, inclusive quando fui falar com outra atendente, me cortou falando que estava funcionando (ou seja, me fez passar por mentirosa 😦 que coisa legal, não?)
  • Café da manhã com uma variedade de itens bem simples e apenas manteiga para passar no pão, esperava mais pelo preço da diária ser bem alto
  • O papel neve foi estranhamente substituído por um papel de qualidade bem inferior no segundo ou terceiro dia.
  • Chuveiro com temperatura instável.

Hotel Porto Zarpa
Rua da Aurora s/n, Cond. Porto das Baleias,
Mata de São João – Bahia – Brasil | CEP: 48280-971
Tel: (71) 3676-1414 / 3676-1056 . reservas@portozarpa.com.br
http://www.portozarpa.com.br/

Próximo post, continuamos o especial contando mais sobre a Praia do Forte.

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!!