Alfajor La Recoleta

la recoleta

Minha amiga Aline me trouxe esse alfajor da Argentina junto com outras gostosuras!

la recoleta

la recoleta

la recoleta

la recoleta

Ele era um alfajor com cobertura de chocolate e recheio de doce de leite.

la recoleta

la recoleta

la recoleta

Logo que abri, ele já me chamou a atenção, tinha um certo brilho que me deu água na boca. Aliás, ele veio um pouco quebradinho no canto, por isso a foto está um pouco esfarelada, mas ainda assim ele estava lindo!! 😀

la recoleta

la recoleta

la recoleta

la recoleta

Quando parti ao meio que eu vi a quantidade de recheio que ele tinha, seeeeeenhooooor jeeeeeesuuuuus, quase infartei hahahaha

la recoleta

LaRecoleta15

la recoleta

Mas ainda assim, tinha as minhas ressalvas, pois não sou muito chegada no doce de leite argentino. Isso porque todos os que eu experimentei pareciam mais caramelo do que doce de leite, e eu não curto muito caramelo, então não estava com uma expectativa muito alta, apesar de achar que não podia sair algo ruim daquela maravilha que estava diante dos meus olhos.

la recoleta

la recoleta

la recoleta

Quando dei a primeira mordida, me apaixonei. Meu deus, que coisa maravilhosa!!!! 😀 😀 😀 O sabor do chocolate era muito bom, assim como o do doce de leite, e a combinação dos dois ficou mais do que perfeita, ainda mais porque o recheio veio farto, sem miserê algum como vocês podem ver pelas fotos!! E não só isso, a textura do alfajor também estava perfeita, não estava seca como muitos costumam ser e era macia na medida certa.

la recoleta

la recoleta

Como meu marido descreveu bem, este alfajor era como se fosse uma junção entre o da Havanna e o Negro da Punta Balena, parece que pegou as melhores características dos dois, então ficou algo assim indescritível, beirando a perfeição. Realmente, pra mim ficou mil vezes melhor que o da Havanna, já que vem beeeem mais recheio e o doce de leite é muito mais gostoso. Agora, em comparação ao Negro, por pouco, mas muito pouco meeeesmo, ele não supera .

la recoleta

Enfim, é uma das coisas mais gostosas que já comi na vida, aquela coisa que quando você morde você não acredita que algo assim possa existir na face da terra. Mas existe. E se chama La Recoleta!!! 😀
Conclusão: Chocolate delicioso + camada farta de recheio de um doce de leite igualmente bom + textura perfeita, como todo alfajor deveria ter, esse alfajor beira à perfeição e pode ser descrito como uma junção do Havanna com o Alfajor Negro.
Preço: Não sei porque foi presente e veio da Argentina.

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!!

Alfajor Negro Tres Pisos – Las Colonias

ALfajor Negro Tres Pisos Las Colonias

Ganhei esse alfajor aqui da minha amiga Aline, que foi pra argentina e me trouxe um monte de coisa gostosa 😀  (já experimentei quase todas hehe).

ALfajor Negro Tres Pisos Las Colonias

ALfajor Negro Tres Pisos Las Colonias

ALfajor Negro Tres Pisos Las Colonias

ALfajor Negro Tres Pisos Las Colonias

ALfajor Negro Tres Pisos Las Colonias

Pela foto da capa, e também assim que o abri, tive a impressão de que ele ia ser bem seco.

alfajor negro tres pisos las colonias

alfajor negro tres pisos las colonias

alfajor negro tres pisos las colonias

Ele é grandinho, tem 2 camadas de recheio.

alfajor negro tres pisos las colonias

alfajor negro tres pisos las colonias

alfajor negro tres pisos las colonias

Quando experimentei, apesar de ter achado sim um tantinho seco, vi que ele era muito menos do que pensava que iria ser, fora que ele era bem macio também.

alfajor negro tres pisos las colonias

alfajor negro tres pisos las colonias

alfajor negro tres pisos

alfajor negro tres pisos las colonias

A quantidade de recheio era bem generosa, e vinha em dose dupla! 🙂

alfajor negro tres pisos las colonias

alfajor negro tres pisos las colonias

alfajor negro tres pisos las colonias

Quanto ao sabor, era bom mas nada de espetacular. Cobertura, massa e recheio, todos tinham um sabor agradável, porém simples, não tinha aquele algo mais que te faz virar os olhos.  Mas ainda assim, devo dizer que foi uma experiência melhor do que a que tive com o alfajor Milka Mousse (que nunca pensei que algum produto da Milka fosse me decepcionar tanto, esse sim era beeeem seco!!).

Conclusão: É bom e não é tão seco como pensei que ia ser, também é macio e vem com 2 camadas generosas de recheio, mas apesar de ser agradável, é simples e não tem nada de espetacular.
Preço: não sei porque ganhei esse aqui da minha amiga que comprou ele na Argentina

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!

Siga também nosso Instagram!!

Alfajor Negro – Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Sempre fico com receio de experimentar alfajor/pão de mel porque na maioria das vezes me decepciono: ou vem seco demais, ou o doce de leite é ruim, ou a cobertura é ruim… Fora que é algo bem pesado, que enche pra caramba, você come e não sobra espaço pra mais muita coisa, e já que só como doces de fim de semana, arriscar desperdiçar a comilança com uma guloseima “mais ou menos” não é algo que me agrada muito.

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

O Luiz e o Renato, lá do meu serviço, me deram a dica pra experimentar o Alfajor Negro faz um tempo, e finalmente tive a chance de experimentar. Ia comer só a metade e deixar o resto pra depois porque já havia feito muita gordice no dia anterior e estava meio cheia já, mas quem disse que eu consegui? Quando mordi o primeiro pedaço, meu estômago já abriu as portas do buraco negro novamente hahahaha

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Aliás, quando eu abri a embalagem, a visão dele, junto com o cheiro, já me deu tanta água na boca que quase não consigo resistir antes de tirar as fotos e já queria abocanhar aquela coisa maravilhosa que estava diante dos meus olhos logo de uma vez só!

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Pra começar, ele veio MUITO bem recheado, sem miserê de doce de leite, e vinha uma camadinha mais beeem úmida logo abaixo, não sei dizer do que, algo semelhante à um licor ou um creme de chocolate bem úmido, mas só de olhar você já percebia que de seco ele não tinha absolutamente nada, e ao tocar nele, senti que ele era bem macio também.

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Quando mordi o primeiro pedaço, desacreditei. Fui no outro mundo e voltei, serião. É algo indescritível a gostosura desse alfajor, nada do que eu falar aqui vai conseguir replicar experiência divina que é comê-lo!! E realmente, ele era extremamente úmido em todas as partes da massa, como nenhum outro alfajor que comi na minha vida, acho que essa foi a característica que mais me marcou, porque é muito difícil achar um alfajor que não seja seco e pesado.

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

O chocolate da cobertura é delicioso e desmancha na boca, a massa é fantástica, além de bem úmida, como já mencionei, é super saborosa. O doce de leite, apesar de não ser ser tão bom quanto o feito na panela de pressão, é muito bom, achei bem semelhante ao da Havanna.

Alfajor Negro Punta Ballena

A parte mais úmida que vem logo abaixo do doce de leite é a cereja do topo do bolo, dá o toque final que faz com que esse alfajor beire à perfeição. Quando se morde e se deixa sentir todos esses sabores na boca, certamente é uma das melhores experiências gastronômicas que existem.

Alfajor Negro Punta Ballena

Não sei bem o porquê, mas achei que o sabor dele combinado lembrava um pouco um mousse de chocolate. E ele é doce na medida certa, está longe de ser enjoativo.

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

Pra mim, esse alfajor superou até mesmo o da Havanna, que achei que fosse insuperável, e ainda tem a vantagem de ser mais barato (R$ 4,80 em vez dos absurdos R$7,00 que a Havanna está cobrando agora).

Meu marido, que é super fã de Havana, diria que até mais do que eu, também gostou bastante, mas ao ser questionado sobre o Alfajor Negro ser melhor do que o da Havanna, disse que os dois são muito bons, mas são feitos de forma diferente, e que, para ele, não dava pra eleger um “melhor” justamente por cada um ter uma característica única.

Alfajor Negro Punta Ballena

Alfajor Negro Punta Ballena

De qualquer forma, ambos concordamos que é um doce espetacular! 😀 Quem é fã de alfajor não pode deixar de experimentar.

 

Nota: 9,5 – O melhor alfajor que já comi até agora, extremamente úmido como nenhum outro, recheio farto, todas as camadas são deliciosas e a combinação delas resulta em um sabor inexplicavelmente bom que só comendo pra saber.
Preço: R$ 4,80 no  Ponto Doce!

 

Este post é um oferecimento do Ponto Doce!

PontoDoce2

Ponto Doce
Rua São Sebastião, 783
Chácara Santo Antônio
CEP: 04708-001
Tel: 51814992

 

http://www.facebook.com/pontodoce

 

***Apesar do post ser uma parceria com o Ponto Doce, esse é o review normal do Kitchen For Dummies, e está refletindo minhas reais impressões sobre o produto, ou seja, não se trata de um post publicitário.

 

Gostou do post? Então clique aqui e siga a fanpage do blog para mais dicas, curiosidades, informações relacionadas à comida, e também para ficar sabendo das últimas atualizações do Kitchen For Dummies!